Foto por: Liu Jin

José Mourinho, novo treinador do Real Madrid, assumiu nesta quarta-feira a defesa de seu jogador e compatriota, Cristiano Ronaldo, afirmando que não tolerará que atribuam a ele as responsabilidades pelos resultados de toda uma equipe.

“(Cristiano) Ronaldo pode ficar tranquilo e desfrutar as férias. Não permitirei na próxima temporada que se faça pesar sobre ele a responsabilidade de toda uma equipe”, disse Mourinho à agência Lusa.

Enquanto jogador da minha equipe, “me permito fazer um comentário que não fiz desde o começo do Mundial: nas minhas equipes, quando ganhamos, o fazemos todos, quando perdemos, sou eu quem faz”, acrescentou.

“Os grandes jogadores marcam a diferença porque são melhores, mas as equipes são um conjunto”, prosseguiu.

Perguntado sobre as razões da derrota portuguesa para a Espanha, Mourinho respondeu que ela ganhou “porque foi melhor”, descartando fazer qualquer outro tipo de comentário visto que, entre outros, rejeitou convites para ser comentarista do Mundial sul-africano.

“Não quero me misturar no que não me diz respeito”, afirmou.