O movimento na Estação Rodoferroviária deve triplicar nesta terça-feira, véspera do feriado da Independência e antevéspera do dia da padroeira de Curitiba, Nossa Senhora da Luz dos Pinhais. Os dois dias de feriado, na quarta e na quinta feira, devem levar 54 mil passageiros para fora da cidade.

Para amanhã estão previstos 31 mil embarques, o triplo da média normal de 10 mil passageiros/dia. Na quarta-feira o movimento ainda será grande, com 23 mil embarques previstos. O movimento acima do normal pode causar lentidão no trânsito nas ruas próximas à rodoviária, por causa dos carros particulares e dos ônibus que chegam e saem do terminal.

Ainda assim, o movimento previsto para este ano deve ficar abaixo do registrado no ano passado. O feriado de 7 de Setembro caiu numa segunda-feira em 2004, o que resultou em quatro dias de folga, incluindo o dia da padroeira, que caiu na terça. Por isso o número de embarques na sexta-feira e no sábado que antecederam o feriadão chegou a 55.297. "Neste ano, tem gente que não vai poder emendar a sexta-feira (9), que é dia útil, por isso o número reduz um pouco", explica Jair Carvalho, administrador da rodoviária.

O interior do Paraná deverá ser o destino de 35% dos viajantes. O litoral terá 25% dos embarques, quase empatado com Santa Catarina, com 23% dos destinos. São Paulo terá 10% dos embarques na rodoviária, e Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul devem ficar com 2% cada um.