Cerca de 300 famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) invadiram a fazenda Santa Justina, às margens da BR-101 (Rio-Santos), no município de Mangaratiba, no litoral sul do Rio de Janeiro. A Polícia Militar está no local.

Apesar do clima tenso, nenhum confronto foi registrado desde ontem à noite, quando a propriedade foi ocupada. O dono da fazenda, Isomar Victor de Souza Breves, já teria entrado na Justiça com uma ação de despejo. Segundo Cláudio Amaro, do MST, até agora os produtores não receberam nenhum comunicado oficial para desocupar a área, que tem mil hectares.

De acordo com o representante do MST, a fazenda Santa Justina está improdutiva há muitos anos. Em 1985, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) iniciou o processo de desapropriação, só que o dono entrou com recurso e o processo ficou paralisado até 2002. O MST acusa o fazendeiro de estar loteando a área para erguer no local um empreendimento imobiliário.