Uma pessoa morreu e mais de dez ficaram feridas em bombardeios israelenses contra o norte da Faixa de Gaza na noite desta terça-feira, afirmaram médicos palestinos.

A vítima morta no bombardeio foi identificada pelas fontes médicas como Abdallah al-Telbani, de 22 anos. Ele estava em um riquixá motorizado no campo de refugiados de Jebaliya quando foi atingido pelo míssil israelense. Não está claro se as duas pessoas feridas no mesmo incidente estavam junto com ele no veículo.

A rádio pública israelense assegurou que a pessoa morta no bombardeio militava na Jihad Islâmica. No entanto, as Brigadas Al-Quds, braço armado da Jihad Islâmica, negam que Telbani e as pessoas feridas militassem em suas fileiras. Segundo o exército de Israel, o alvo do bombardeio foi “um esquadrão ligado a recente atividade terrorista”.

Num segundo ataque aéreo, pelo menos dez pessoas ficaram feridas quando um míssil israelense foi lançado contra um jipe nas proximidades da Cidade de Gaza, disseram funcionários do Ministério da Saúde de Gaza. Israel ainda não se manifestou sobre o segundo ataque.

Os bombardeios de hoje coincidem com o terceiro aniversário da Operação Ferro Fundido, uma devastadora ofensiva israelense no qual mais de 1.400 palestinos (civis em sua maioria) e 13 soldados de Israel morreram em 22 dias de ataques contra Gaza. As informações são da Dow Jones.