A polícia do Chile anunciou nesta quinta-feira que 264 pessoas foram presas em episódios de violência ocorridos na noite de ontem para hoje em meio às manifestações que marcaram os 40 anos do golpe militar que depôs Salvador Allende e instaurou uma ditadura de direita que se estendeu por 17 anos no país sul-americano.

Além das 264 pessoas presas, 42 oficiais de polícia ficaram feridos, seis deles em estado grave. Não foram divulgadas cifras de civis feridos. Ao mesmo tempo, três ônibus foram incendiados nas ruas de Santiago. Fonte: Associated Press.