Nove soldados da coalizão liderada pelos Estados Unidos morreram hoje durante a queda de um helicóptero no Afeganistão. Além das mortes, um agente da coalizão, um soldado afegão e um civil norte-americano se feriram. A nacionalidade dos mortos ainda não foi informada. Os militares afirmaram que não há registro de fogo inimigo na área do acidente. A coalizão não especificou a área, mas um porta-voz do governo provincial, Mohammad Jan Rasoulyar, disse que o helicóptero caiu no distrito de Daychopan, na província de Zabul.

O acidente desta terça-feira eleva ainda mais o número de mortos das forças de coalizão na guerra do Afeganistão, que já dura nove anos. Em 2010, já foram registradas 529 mortes entre os membros da coalizão, enquanto em 2009 foram 521, segundo o site icasualties.org, que contabiliza as baixas.

O acidente desta terça-feira é o terceiro com um helicóptero da coalizão em Zabul, uma área montanhosa e de difícil acesso. Boa parte da província é controlada por insurgentes do Taleban. As forças da coalizão dependem cada vez mais de helicópteros para transportar seu pessoal e os suprimentos, por causa das emboscadas do Taleban e das bombas colocadas à beira de estradas para atingir alvos dos aliados. As informações são da Dow Jones.