A polícia da República Dominicana deteve um fugitivo que foi advogado dos missionários norte-americanos acusados de sequestrar 33 crianças haitianas. Inicialmente, Jorge Puello atuou como assessor legal e porta-voz do grupo, mas as autoridades disseram que ele é procurado pelo tráfico de mulheres e crianças nos Estados Unidos e em El Salvador.

A Agência Nacional de Controle de Drogas disse que Puello, de 32 anos, foi detido no estacionamento de um restaurante na noite de ontem, na capital dominicana, Santo Domingo. A mãe do advogado, Soledad Puello, disse que e ela e outras pessoas negociaram com promotores salvadorenhos a rendição de Puello, que nasceu em New York, mas também tem cidadania dominicana.