Um importante líder da Al-Qaeda, Abu Yahya al-Libi, pediu nesta quinta-feira (22) que os militantes islâmicos lancem ataques contra o Ocidente, nomeando os Estados Unidos e a Grã-Bretanha. Al-Libi sugeriu os ataques como forma de vingança pela ofensiva israelense na Faixa de Gaza.

“Sacrifique o que você pode nas capitais do infiel Ocidente, na criminosa América e nos agentes tirânicos um pouco do que eles fazem a nossos irmãos e nossos oprimidos irmãos e o povo da Palestina”, disse o extremista em uma mensagem de vídeo postada na internet. O texto foi traduzido pelo grupo de monitoramento SITE.

“É hora desse Estado criminoso, e estou falando da Grã-Bretanha, pagar o preço de seu crime histórico, que nós não devemos e não esqueceremos”, acrescentou al-Libi, membro do comitê para a aplicação da lei islâmica na Al-Qaeda.