O sindicato dos pilotos da Lufthansa disse nesta terça-feira que irá expandir a greve da quarta-feira para o dia seguinte, afetando também os voos de longa distância e os voos de carga.

O anúncio se soma à paralisação já programada para esta quarta-feira, que deve afetar cerca de 750 voos de curta e média distância e 80 mil passageiros.

A Lufthansa tem sido afetada pelas paralisações de seus pilotos, que custaram cerca de 232 milhões de euro no ano passado. Funcionários e empresas discordam das mudanças que a companhia quer fazer no plano de aposentadoria da categoria, entre outras medidas. Fonte: Associated Press.