Um menino muçulmano de 14 anos de idade foi preso no estado do Texas, nos EUA, após um professor do ensino médio dizer que um relógio caseiro que ele trouxe para a aula poderia ser uma bomba.

Ahmed Mohamed, que gosta de mexer com eletrônica, orgulhosamente levou o relógio a escola MacArthur High, na cidade de Irving, na segunda-feira.

No entanto, um professor levantou preocupações de que parecia ser uma bomba, levando o

diretor da escola e vários policiais a interrogá-lo, vasculhar seus pertences e retirá-lo da escola algemado.

A polícia não acredita que o dispositivo é perigoso, mas disse que poderia ser confundido com um explosivo falso. Mohamed foi suspenso da escola por três dias, mas ele não foi acusado.

O Conselho para Relações Americano-Islâmicas está investigando o caso, dizendo que o incidente é típico de atitudes negativas contra os muçulmanos em Irving. Fonte: Associated Press.