Manifestantes ambientalistas atacaram uma mina de linhito no oeste da Alemanha em protesto contra o uso do carvão, uma fonte de gases que provocam o efeito estufa.

Centenas de pessoas de um grupo autodenominado EndeGelaende – equivalente a “já se acabou” – atravessaram uma barreira policial em Garzweiler, a oeste de Colônia, e invadiram a mina.

A polícia deteve o grupo com gás lacrimejante e os expulsou do lugar, segundo o porta-voz policial Anton Hamacher.

O porta-voz da empresa de energia RWE, Lothar Lambertz, disse que foi necessário interromper as operações da mina por razões de segurança. Fonte: Associated Press.