Uma caravana de parlamentares da oposição venezuelana liderada pelo autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, foi impedida por forças de segurança de entrar no prédio do Congresso na terça-feira. Após o impasse, contudo, o grupo conseguiu adentrar as instalações.

A oposição da Venezuela tem enfrentado dificuldades depois que os parlamentares apoiados pelo governo anunciaram que estavam assumindo o controle do que os partidários de Guaidó descreveram como a última instituição democrática do país, a Assembleia Nacional.

Guaidó atuou como presidente da Assembleia Nacional no último ano e a usou como sua plataforma para obter reconhecimento internacional. Esperava-se que ele fosse reeleito como líder da legislatura no domingo, mas Guaidó foi impedido de participar por vários outros parlamentares.

O ex-aliado da oposição Luis Parra se declarou o líder da Assembleia Nacional, alegando ter ganho os votos de 81 parlamentares. A oposição refuta essa contagem e diz que 100 parlamentares, a maioria, votaram em Guaidó em uma sessão legislativa realizada em um jornal venezuelano. Fonte: Associated Press.