O presidente interino Goodluck Jonathan assumiu hoje a presidência da Nigéria, país mais populoso da África. O presidente Umaru Yar’Adua morreu ontem.

Jonathan ocupava o posto interinamente desde início de fevereiro. Ele prestou juramento nesta manhã em Abuja.

Umaru Yar’Adua tinha um longo histórico de problemas renais e recentemente passou a tratar de problemas cardíacos. A cerimônia fúnebre deve ocorrer nesta tarde em Katsina, Estado natal dele.

A morte de Yar’Adua ocorre menos de um ano antes das próximas eleições da Nigéria, país rico em petróleo que sofreu com vários golpes militares. Segundo a Constituição, Jonathan liderará o país até as novas eleições. Jonathan tornou-se o vice-presidente de Yar’Adua em 2007. Na época, observadores internacionais consideraram as eleições fraudulentas.

Em seu discurso de posse, Jonathan prometeu garantir paz e desenvolvimento no Delta do Níger, uma região rica em petróleo. Também garantiu que todos os votos das eleições do ano que vem serão contados.