A explosão de uma granada lançada diante de um bar lotado no sul das Filipinas matou duas pessoas e deixou pelo menos 30 feridos, autoridades locais disseram neste domingo.

Investigadores tentam identificar os responsáveis pelo ataque, ocorrido no sábado à noite diante do bar El Sentro Resto, na cidade de Iligan, um centro industrial e comercial que fica a 780 quilômetros a sudeste da capital, Manila.

Os suspeitos incluem rebeldes muçulmanos, militantes ligados à Al-Qaeda ou até civis que tenham se envolvido numa briga, segundo o coronel do exército Daniel Lucero. No passado, Iligan foi alvo de separatistas rebeldes.

A polícia filipina encontrou no local o pino da granada, que também danificou vários carros estacionados e levou transeuntes a fugirem em pânico. As informações são da Associated Press.