Um ataque de um homem-bomba matou dois funcionários do Ministério da Defesa no Afeganistão e feriu pelo menos nove soldados nesta segunda-feira na região leste da capital do país, Cabul.

O comandante militar de Cabul, general Kadam Shah Sheem, relatou que o alvo do bombardeio foi um ônibus que tinha acabado de sair de uma base militar. Ele disse que um dos mortos era soldado e o outro civil.

O porta-voz do Taleban, Zabihullah Mujahid, reivindicou a responsabilidade pelo ataque em mensagem de texto enviada à Associated Press.

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, condenou o ataque em um comunicado divulgado por seu escritório.

Os talebans têm intensificado os seus ataques contra funcionários e forças de segurança do governo afegão em meio à campanha do segundo turno das eleições presidenciais, as primeiras desde a retirada completa das tropas norte-americanas do território do Afeganistão. Fonte: Associated Press.