Ataques aéreos do regime sírio atingiram neste domingo o principal mercado da cidade periférica de Douma, perto da capital da Síria, Damasco, matando ao menos 58 pessoas e ferindo mais de 200, de acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos com base na Grã-Bretanha. O ataque em Douma tinha como alvo rebeldes, em um reduto que o regime de Bashar al-Assad tenta reconquistar.

De acordo com ativistas, centenas de pessoas estavam no local quando o primeiro míssil atingiu a região.

A guerra civil da Síria, agora em seu quinto ano, já matou mais de 250 mil pessoas e feriu pelo menos um milhão. Fonte: Associated Press