A polícia da Califórnia prendeu um suspeito de matar três pessoas a tiros em uma reserva indígena, e ferido outra.

Hector Celaya, 31, morador da reserva de Tule River, onde ocorreu o episódio, só foi preso após uma perseguição de carro que deixou feridos suas duas filhas, de 5 e 8 anos, que estavam no veículo, e a ele próprio.

Celaya foi detido às 2h da madrugada, no horário local, a cerca de 30 km da reserva onde os crimes aconteceram.

Segundo a Associated Press, embora tenha havido troca de tiros entre a polícia e Celaya após a perseguição, os tiros que atingiram as filhas do suspeito foram disparados pelo próprio pai.

Uma das garotas e o próprio Celaya estão internados e correm risco de morte, segundo as autoridades policiais.

Também não está clara a motivação do crime.

dente teve início na noite de ontem, quando o xerife local recebeu um chamado de emergência alertando sobre tiros disparados na reserva. Policiais encontraram, então, um homem e uma mulher mortos em um trailer, bem como um jovem ferido. Outra vítima foi encontrada mais tarde.

O xerife afirmou que Celaya foi localizado pelo sinal de seu celular.