O Ministério do Interior da província do Daguestão, no Cáucaso russo, informou hoje que o prefeito de um vilarejo e três policiais foram assassinados, em eventos separados, por atiradores.

Em um dos episódios, um atirador matou o prefeito do vilarejo de Kakamakhi, no escritório do administrador. O porta-voz da polícia do Daguestão, Magomed Tagirov, informou que em outro atentado três atiradores invadiram um café na cidade de Izberbash e abriram fogo contra policiais que estavam no local. Segundo ele, três policiais foram mortos e dois foram hospitalizados com ferimentos graves.

O Daguestão e outras províncias russas do Cáucaso têm sofrido uma série persistente de ataques deflagrados por militantes islamitas que se espalharam pela região após as duas guerras separatistas da Chechênia.