Um táxi atropelou um grupo de motoristas próximo ao aeroporto de Boston nesta segunda-feira, deixando 10 feridos, no que a polícia disse que pareceu ser um “trágico acidente”. O veículo do motorista de 56 anos atingiu o grupo de pessoas em uma área de descanso ao ar livre para taxistas, onde os motoristas esperam até serem chamados para levarem os passageiros do Aeroporto Internacional Logan.

Um funcionário da polícia afirmou que o motorista teria pressionado erroneamente o pedal do acelerador em vez do freio, e acredita-se que seja um caso de “erro do condutor”. O funcionário, no entanto, não estava autorizado a comentar sobre o incidente e falou sob condição de anonimato.

O acidente levantou brevemente temores de que fosse um ato terrorista, devido à semelhança com ataques no Reino Unido e na França nos últimos meses. Entretanto a polícia do Estado de Massachusetts afirmou que não parecias ser “uma indicação de ato intencional, mas sim um trágico acidente”. David Procopio, porta-voz da polícia, comentou que “nesse ponto preliminar da investigação, não há informações que surgiram que o acidente foi intencional”. Ele disse que o táxi foi apreendido para uma investigação mais profunda por parte da polícia.

O motorista permaneceu no local e cooperou com a polícia. As autoridades não o identificaram imediatamente, mas disseram que ele trabalha para a Metro Cab. Um funcionário que respondeu a um telefonema na sede da empresa se recusou a comentar o assunto e disse que não divulgaria mais detalhes sobre o motorista.

Abdias Pierra, um dos motoristas de táxi que estava no local, afirmou que os feridos pareciam ser taxistas. Ele disse que os motoristas jogam cartas e dominó nas mesas da área de descanso. Segundo as autoridades, as lesões variam de menos grave a mais grave. Por volta das 17h (de Brasília), um dos feridos tinha estado grave e outros três estavam em condições “menos graves, mas significativas”, enquanto seis outros sofreram ferimentos “menos graves”. Eles foram levados para vários hospitais de Boston.

O local do acidente foi fechado após o ocorrido, mas reabriu por volta das 16h30 (de Brasília). Pouco tempo após o acidente, um perfil do Twitter para o grupo de taxistas relatou que havia 300 táxis por lá. Um porta-voz da Autoridade Portuária de Massachusetts, que detém o aeroporto, não respondeu imediatamente a pedidos de comentários sobre o incidente. Fonte: Associated Press.