Três esquiadores alemães foram mortos hoje por uma enorme avalanche no Cantão de Valais, região sul da Suíça. Com isso, chega a oito o total de mortes de turistas estrangeiros na região em menos de uma semana. No sábado, cinco montanhistas franceses foram soterrados por outra avalanche.

As vítimas de hoje faziam parte de um grupo de nove esquiadores da cidade de Friedrichshafen, na Alemanha, de acordo com informações da polícia de Valais. Segundo a polícia e relatos de sobreviventes, o grupo atravessava uma montanha no Vale de Anniviers, perto da fronteira com a Itália, quando foi surpreendido pela avalanche. Sete esquiadores foram arrastados pela avalanche, mas quatro sobreviveram.

“A avalanche foi classificada como gigante pelos socorristas”, afirmou a polícia. Segundo os policiais, a avalanche teve uma largura de 500 metros. Dois dos esquiadores alemães morreram imediatamente e um terceiro morreu no hospital. Outro ficou ferido, disse a polícia.

O centro de monitoração de avalanches da Suíça alertou hoje sobre riscos consideráveis de avalanches na região. Com o tempo esquentando, avalanches ficam mais comuns nos Alpes, durante a primavera. As informações são da Associated Press.