Um avião não tripulado dos Estados Unidos destruiu nesta sexta-feira (20) um veículo no Waziristão do Norte, no Paquistão, próximo à fronteira com o Afeganistão, matando quatro suspeitos de serem militantes, disseram membros do governo local à France Presse.

Os dois mísseis foram lançados em Tappi, dez quilômetros ao leste de Miranshah, principal cidade do Waziristão do Norte, onde os EUA querem que o Paquistão realize uma ofensiva contra redes militantes lutando no Afeganistão.

“Um avião não tripulado norte-americano mirou um veículo e lançou dois mísseis, matando quatro militantes”, disse um oficial de segurança em condição de anonimato.

Outro oficial local de segurança confirmou o ataque e as mortes, dizendo que a identidade dos mortos ainda não era conhecida. O ataque de hoje é o sétimo a ser relatado nas áreas tribais do Paquistão próximas à fronteira afegã, desde que os fuzileiros americanos mataram Osama bin Laden em um ataque secreto na cidade paquistanesa de Abbottabad, em 2 de maio. As informações são da Dow Jones.