O Banco da Inglaterra (banco central do país), anunciou neste sábado (22) que não está propondo nenhuma ação coordenada para compra em massa de títulos lastreados em hipotecas por um conjunto de bancos centrais com o objetivo de reduzir as tensões existentes hoje no mercado financeiro mundial.

O BC da Inglaterra afirmou que está examinando um número de outras opções para ajudar os mercados financeiros, mas que ainda é muito cedo para especificar os detalhes. Segundo o porta-voz do banco central, "todos os bancos centrais, incluindo o Banco da Inglaterra, estão procurando formas de reduzir os problemas em seu sistema bancário". Segundo ele, o BC inglês não está, entretanto, entre aqueles incluídos em um esquema de recompra de títulos que jogaria o risco de crédito para o contribuinte fiscal e não para os bancos.

Um artigo do jornal britânico Financial Times informou que os bancos centrais estão discutindo a possibilidade de aquisições em massa de títulos lastreados por hipotecas e desta forma reduzir as pressões do mercado. Segundo o Financial Times, o Banco da Inglaterra seria o mais entusiástico em explorar o esquema. O porta-voz do BC deixou claro, contudo, que este não é o caso. As informações são da Dow Jones.