O banco estatal russo Vnesheconombank disse nesta segunda-feira que se encontrou com Jared Kushner, genro do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e assessor sênior da Casa Branca, como parte de uma série de reuniões sobre estratégias futuras.

Em uma declaração publicada nesta segunda-feira pela agência estatal RIA Novosti, o banco afirma que se encontrou com Kushner no ano passado, como parte de diversas discussões com representantes de importantes instituições financeiras na Europa, na Ásia e nos EUA. Segundo o Vnesheconombank, as reuniões eram focadas nas estratégias de desenvolvimento de bancos globais e nas perspectivas do setor. O banco não forneceu mais detalhes.

Kushner concordou em falar no Comitê de Inteligência do Senado americano, que, atualmente, investiga as alegações de interferência russa nas eleições presidenciais do ano passado. A Casa Branca afirmou que Kushner estava “fazendo seu trabalho” ao se reunir com autoridades estrangeiras. Fonte: Associated Press.