O Banco da Coreia do Sul (BoK, na sigla em inglês) fez um corte na taxa de juros pela primeira vez em sete meses, de 0,25 ponto porcentual, para 2,5%. O corte tem como objetivo impulsionar a economia do país, atingida pela queda das exportações e pela demanda doméstica fraca.

A decisão do banco central sul-coreano surpreendeu as expectativas dos analistas. Em uma pesquisa realizada pela Dow Jones, 14 de 17 economistas consultados apostavam na manutenção da taxa em 2,75%, e apenas três apostavam em corte.

O presidente do BoK, Kim Choong-soo, vinha sendo relutante ao corte da taxa de juros, dizendo que a atual política monetária já é acomodatícia. O banco central divulgará um prevê comunicado da decisão, seguido de uma entrevista coletiva com Kim às 23h20 (horário de Brasília). As informações são da Dow Jones.