Os chefes de governo Silvio Berlusconi, da Itália, e José Luis Rodríguez Zapatero, da Espanha, vão se encontrar em Roma devido à reunião da Organização para Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO), que será realizada entre os dias 3 e 5 de junho, confirmou a vice-presidente do governo espanhol, Maria Teresa Fernández de la Veja.

Durante uma entrevista coletiva, dada após uma reunião do conselho de Ministros, Maria Teresa respondeu a diversas perguntas sobre as tensões entre Espanha e Itália geradas pelo tema da imigração.

A vice de Zapatero disse que as relações entre ambos os países são próprias de "dois sócios europeus, que trabalham com objetivos comuns e que podem ter posições diversas".

Ela também insistiu na necessidade de buscar "uma política comum para responder ao grande desafio da imigração com políticas comuns".

Na sexta-feira da semana passada, Maria Teresa tachou de xenófaba a política de imigração italiana, fato que teria desencadeado as tensões com Roma.

A vice-presidente do governo espanhol disse que Zapatero e Berlusconi "seguramente conversarão" sobre o tema.

Já confirmaram presença na cúpula os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Cristina Fernández de Kirchner (Argentina) e Nicolas Sarkozy (França).

Na conferência, os participantes discutirão sobre o desafio de garantir a segurança alimentar mundial no planeta, levando em conta os impactos ambientais e climáticos.