Uma bomba da 2ª Guerra Mundial foi desarmada nas proximidades da principal estação de trem de Berlim nesta quarta-feira, depois de os trens terem sido desviados, as casas próximas serem esvaziadas e de uma breve interrupção nos voos do principal aeroporto da cidade.

A bomba de 100 quilos foi encontrada na noite de terça-feira numa construção perto da estação, que fica numa área relativamente pouco povoada, perto de onde ficava a fronteira entre Berlim Oriental e Ocidental.

Especialistas decidiram desarmar a bomba soviética no local, um antigo depósito de mercadorias. Eles retiraram as pessoas de alguns prédios próximos e desviaram trens que se dirigiam para Hamburgo. A maioria das composições, porém, manteve a rota.

Como precaução, as autoridades também decidiram interromper brevemente as aterrissagens de aviões no aeroporto Tegel, que fica a alguns quilômetros do local, enquanto a bomba era desarmada, operação que demorou meia hora. Ainda não havia informações sobre quantos voos foram atrasados.

Cerca de 150 pessoas que vivem nas proximidades esperaram numa escola próxima enquanto a bomba era desarmada, informou o porta-voz da polícia, Jens Berger.

Aviões aliados lançaram enormes quantidades de bombas sobre a Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, com o objetivo de paralisar a máquina de guerra nazista.

Acredita-se que dezenas de milhares de bombas que não explodiram ainda estejam enterradas em território alemão, 68 anos após o final da guerra. Geralmente, quando encontrados, os dispositivos são desarmados ou detonados, sem causar danos.

Mas a bomba desarmada nesta quarta-feira não era particularmente grande para os padrões alemães. Algumas vezes, as ações para desarmar ou detonar uma bomba exigem que milhares de pessoas sejam retiradas como precaução. Em 2011, uma bomba de 1,8 tonelada descoberta no rio Reno, na cidade de Koblenzand, foi desarmada somente depois da retirada de 45 mil moradores, quase metade da população local.

Naquele mesmo ano, a detonação de uma bomba da época da guerra em Munique provocou incêndios em vários prédios próximos, que já haviam sido evacuados. As informações são da Associated Press.