Uma potente bomba colocada à beira de uma estrada atingiu um comboio próximo a uma escola para meninas no Paquistão, matando oito pessoas, incluindo quatro estrangeiros que trabalhavam para uma organização de ajuda humanitária e três estudantes.

A bomba explodiu quando paramilitares paquistaneses escoltavam um grupo de integrantes de uma organização de caridade internacional e jornalistas que se dirigiam para uma celebração na escola, no distrito do Baixo Dir, noroeste do Paquistão.

“O prédio da escola também foi danificado e três veículos, destruídos”, afirmou o chefe de polícia do distrito, Mumtaz Zarin.

O ataque ocorreu no vilarejo de Koto, na área montanhosa de Balambat, a cerca de 10 quilômetros de Taimargara, a principal cidade do distrito. As informações são da Dow Jones.