O principal partido de oposição do Reino Unido disse que o primeiro-ministro Boris Johnson não é confiável para proteger direitos dos trabalhadores e padrões ambientais, após um documento vazado sugerir que o governo busca enfraquecer regras existentes depois que o país deixar a União Europeia.

O jornal Financial Times informou neste sábado que o governo de Johnson planeja divergir de regulações da UE, afirmando que um documento vazado do governo diz que regras sobre direitos dos trabalhadores e proteção ambiental deixam “espaço para interpretação”.

O líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, disse que “o Brexit de Jonhson é um modelo para uma economia desregulada, onde direitos vitais e proteções são destruídos. Ele não tem intenção de manter nossos altos padrões depois de deixar a União Europeia. Nós não podemos confiar em nenhuma palavra que Boris Johnson diz.”

Na semana passada, Johnson prometeu manter regras trabalhistas e ambientais em linha com os padrões da União Europeia. Fonte: Associated Press