Engenheiros estão monitorando a cápsula instalada no poço de petróleo no Golfo do México, neste domingo, com uma percepção de otimismo cauteloso de que o pior desastre ambiental dos Estados Unidos pode estar finalmente sendo contido.

Os testes, que envolvem diversas leituras de pressão, estão fornecendo “informações valiosas” e vão continuar neste domingo, disse o almirante da Guarda Costeira, Thad Allen. Quando a análise estiver concluída, a empresa irá abrir a cápsula e continuar o processo de sucção do petróleo em direção a dois navios, acrescentou ele.

“Estamos nos sentindo mais confiantes que temos integridade (da cápsula)”, disse o vice-presidente-sênior da BP, Kent Wells. Os testes começaram na quinta-feira. As informações são da Dow Jones.