A British Petroleum (BP) informou que iniciou a injeção de cimento no interior do poço Macondo, no Golfo do México, para selar a abertura definitivamente. A operação, autorizada ontem pelo governo norte-americano, teve início na manhã de hoje, segundo comunicado da empresa em seu site. O processo acontece depois da injeção de cerca de 2.300 barris de fluido pesado de exploração, que mantém o petróleo no interior do reservatório. Conforme a BP, o poço alcançou uma condição “estática”.

O petróleo deixou de vazar para as águas do golfo em meados de julho, quando a BP instalou uma cúpula temporária no topo do poço danificado. No entanto, uma solução permanente ainda é necessária. Embora a operação realizada hoje possa fechar permanentemente o poço, a empresa ainda quer perfurar um poço de alívio que vai cruzar o poço danificado até meados deste mês.

O poço de alívio poderá confirmar se o poço – que despejou cerca de 5 milhões de barris de petróleo no mar – foi totalmente fechado. Caso contrário, será feita uma nova tentativa com a injeção de cimento a partir do fundo.

A BP informou em comunicado que a perfuratriz Development Driller III, que abre o poço de alívio, realizou o teste exigido de seu sistema de segurança contra estouros. Uma falha nesse sistema de segurança no poço Macondo foi responsável pelo o vazamento iniciado abril, quando uma explosão matou 11 pessoas e provocou o afundamento da plataforma Deepwater Horizon. As informações são da Dow Jones.