A BP informou hoje que está implementando novos instrumentos para fixar de forma permanente a captura do petróleo que está vazando no Golfo do México, à medida que as autoridades norte-americanas continuam a pedir mais compensações para o acidente. O equipamento foi instalado durante o final de semana e a BP agora trabalha para adequar o sistema com flexibilidade suficiente para responder às adversidades das condições climáticas, como furacões e também maior capacidade de armazenagem.

A petroleira disse que recuperou 15.040 barris de petróleo ontem utilizando o método atual, onde o vazamento é afunilado para uma embarcação flutuando acima do local do acidente. Até o momento, 119.300 barris foram coletados desta forma. A companhia tem enfrentando imensa pressão para fechar o vazamento iniciado por uma explosão em 20 de abril. O acidente provocou a morte de 11 trabalhadores.

A BP já gastou perto de US$ 1,5 bilhão em um esforço de limpeza das regiões afetadas pelo vazamento. Analistas e autoridades estimam que muitos bilhões mais serão gastos. As informações são da Dow Jones.