Catarina Migliorin, a brasileira que leiloou a virgindade, perdeu o ‘negócio’ por conta de uma atitude rude, que desapontou o vencedor. A moça fará parte do documentário “Virgins Wanted”, que já tem data marcada para estrear, deve contar o triste fim que teve a sua empreitada milionária.

Segundo Justin Sisely, diretor, do documentário, japonês que pagaria R$ 3 milhões para ter a primeira noite com Catarina não gostou do que viu. Apesar de linda, a brasileira só estava interessada em saber com receberia o pagamento do afortunado solteiro de 53 anos. “Se Catarina estivesse menos preocupada com sua imagem ou com a discussão dos detalhes de como a noite aconteceria, o resultado teria sido melhor para ela. Cada um tem o que merece”, disse Sisely.

Apesar da proximidade de Justin e Catarina, os dois encerraram a amizade em dezembro de 2012, quando as filmagens acabaram. Para o cineasta, a brasileira o culpa por nada ter dado certo em relação ao seu propósito de leiloar a sua virgindade. 

Paraná Online no Google Plus

Paraná Online no Facebook