O presidente norte-americano George W. Bush pediu aos norte-americanos que, durante o domingo de Páscoa, lembrem-se dos militares que estão distantes de sua família e entes queridos. "Eu agradeço profundamente os sacrifícios que eles e suas famílias estão fazendo", Bush afirmou neste sábado (22) em uma entrevista feita para as rádios. Bush ressaltou a bravura dos indivíduos que morreram lutando. "Que estes heróis permaneçam na memória desta nação que eles ajudaram defender", disse.

Em Bagdá, três soldados americanos morreram numa explosão em Bagdá, elevando o número de militares dos EUA mortos desde a invasão de 2003 ao Iraque a quase 4 mil. De acordo com o Exército americano, os soldados morreram quando o carro onde estavam passou por cima de uma bomba colocada numa estrada. Até agora, 3996 militares do país já morreram nos cinco anos de conflito.

Também em Bagdá um ataque aéreo norte-americano matou seis guardas em um ponto de checagem, de acordo com a polícia do Iraque. Os militares norte-americanos disseram que os iraquianos mortos estavam se comportando de forma suspeita perto de uma área recentemente atingida por uma bomba.