Aviões militares da Turquia bombardearam nesta sexta-feira três alvos de supostos insurgentes curdos no Curdistão iraquiano, disseram os militares turcos, na primeira ação desse tipo desde que caças turcos mataram por engano 34 supostos contrabandistas de origem curda, todos com nacionalidade turca, em dezembro do ano passado.

Um comunicado dos militares disse que os caças realizaram missões de bombardeio perto da fronteira, na região de Zap, e voltaram em segurança após uma “operação efetiva”. Até agora não são conhecidos números de baixas. Insurgentes curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, pela sigla em curdo) costumam usar o norte do Iraque para desfechar ataques na Turquia. O PKK é considerado uma organização terrorista pela Turquia, União Europeia e Estados Unidos. O grupo luta pela autonomia das regiões turcas onde a população curda é majoritária.

As informações são da Associated Press.