O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, disse que o país precisa intensificar a sua atuação e assumir um papel maior na luta contra o grupo Estado Islâmico na Síria. O líder britânico deu a sinalização mais direta até o momento de que o seu governo buscará autorização do Parlamento para expandir o papel do país no apoio aos Estados Unidos e outros aliados no ataque aos militantes.

“Eu quero que o Reino Unido faça mais”, disse Cameron, em entrevista concedida ao programa da rede de televisão NBC “Meet the Press” e veiculada neste domingo. “Nós temos que destruir este califado, seja no Iraque ou na Síria.” Fonte: Associated Press.