Sismólogos norte-americanos cancelaram nesta quarta-feira o alerta para um possível tsunami após um grande terremoto e um abalo secundário na costa da ilha indonésia de Sumatra.

“As leituras dos níveis do mar agora indicam que a ameaça diminuiu para a maior parte da região, portanto, o alerta emitido por este centro está cancelado”, disse o Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico, localizado no Havaí, que monitora as correntes no oceano Índico após o tremor de magnitude 8,6 e um abalo secundário, de 8,2.

Mas Victor Sardina, geofísico do centro norte-americano, disse à agência France Presse que um tsunami “não seria nem de perto” tão grande quando os que devastaram o sudoeste da Ásia em 2004 e o Japão no ano passado.

Sardina disse à AFP que houve uma onda de apenas 35 centímetros perto de Padang, na Indonésia, mas que poderia chegar a um metro de altura perto do Sri Lanka, lembrando que os cientistas ainda monitoram cuidadosamente a situação.

Mais cedo, o centro havia afirmado que “terremotos desta intensidade têm potencial para gerar um amplo e destrutivo tsunami.”

O primeiro tremor foi registrado às 14h38 (horário local) a uma profundidade de 33 quilômetros. O epicentro foi localizado a 435 quilômetros de Banda Aceh. As informações são da Dow Jones.