Pelo menos 16 pessoas morreram e outras 25 ficaram feridas hoje após a explosão de um carro-bomba em Qatana, a 25 quilômetros de Damasco, na Síria.

 

A informação é do canal de televisão libanês Al Manar, do movimento radical Hizbollah.

 

Segundo a agência de notícias estatal SANA, o veículo explodiu perto de uma escola em uma área residencial. Dentre os mortos na ação, estão sete crianças e um número indeterminado de mulheres. Houve danos em prédios e veículos estacionados na região.

Grupos da oposição síria não comentaram sobre o ataque, assim como ainda não se sabe que grupo teria executado a ação. As informações não podem ser confirmadas de forma independente devido às restrições impostas aos jornalistas e organizações estrangeiras no país.

A ação acontece um dia depois da detonação de duas bombas e um carro cheio de explosivos em frente ao prédio do Ministério do Interior, na capital síria, que deixou cinco mortos.

A região atacada faz parte de uma série de subúrbios e vilarejos afastados para onde as forças do ditador Bashar Assad tentam empurrar os rebeldes.