Um ataque suicida contra uma mesquita xiita na Arábia Saudita resultou na morte de pelo menos quatro pessoas nesta sexta-feira, informou a agência de notícias estatal Saudi Press. Um homem conduzia um carro-bomba que explodiu enquanto estacionava na frente da mesquita, na cidade portuária de Dammam, conhecida por ter uma população predominantemente xiita. Não ficou claro se o motorista está entre os quatro mortos.

Depois da tragédia, o grupo de extremistas Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelo ataque e identificou o suicida pelo nome de Abu Jandal al-Jazrawy. A alegação não pode ser confirmada de forma independente.

Na sexta-feira passada, o Estado Islâmico assumiu a responsabilidade por outro ataque na Arábia Saudita, que deixou 21 pessoas mortas. As autoridades sauditas confirmaram a autoria desta ofensiva e prenderam 26 pessoas ligadas ao grupo.

No de hoje, o carro-bomba explodiu enquanto as forças de segurança se aproximavam do veículo. O motorista estava disfarçado com trajes femininos. Segundo a agência saudita, as forças de segurança conseguiram frustrar um ataque mais violento contra as pessoas que estavam orando na mesquita.

O ministério do Interior não se pronunciou sobre a alegação de Estado islâmico, mas disse que uma investigação está em curso. Fonte: Dow Jones Newswires e Associated Press.