A comunidade autônoma da Catalunha, na Espanha, anunciou nesta quarta-feira que vai antecipar as eleições parlamentares regionais para 27 de setembro. O movimento é visto como preparatório para um plebiscito sobre a independência da região.

O líder da Catalunha, Artur Mas, acredita que a independência da região pode chegar em até 18 meses. Embora analistas estejam céticos quanto a este prognóstico, o revigorado nacionalismo catalão se tornou um grande problema para o governo conservador de Madri, que também passa por eleições este ano, onde enfrenta o recém formado partido populista Podemos.

Separatistas afirmam que os parlamentares catalães podem declarar independência unilateralmente da Espanha, caso a maioria dos 135 membros do parlamento regional apoie a medida.

O governo central de Madri insiste que a Constituição do país proíbe a Catalunha de se separar sozinha. Fonte: Associated Press.