O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, visitou Fidel Castro em sua primeira viagem a Cuba desde que o líder revolucionário de 81 anos foi sucedido por seu irmão mais novo, Raúl. Por meio da chancelaria cubana, Fidel afirmou ter mantido uma longa conversa com Chávez. O mandatário sul-americano também se reuniu com Raúl Castro, disseram funcionários cubanos.

O presidente venezuelano chegou de surpresa a Havana depois de participar, na sexta-feira, da reunião de cúpula do Grupo do Rio em Santo Domingo, na República Dominicana. Antes de regressar à Venezuela, no próprio sábado, Chávez disse à televisão estatal cubana que Fidel Castro estava feliz, esplêndido e cheio de idéias.

A declaração de Fidel divulgada pela chancelaria não mencionava a presença de Yolanda Pulecio – a mãe da política franco-colombiana Ingrid Betancourt, refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) – nem de Piedad Córdoba, senadora colombiana. As duas acompanharam Chávez na viagem a Cuba.

A televisão estatal cubana difundiu imagens de Raúl Castro, em uniforme militar, dando aos boas-vindas aos três no aeroporto de Havana.