A China afirmou hoje que os países ricos deveriam destinar 1% de seu Produto Interno Bruto (PIB) para ajudar as nações mais pobres no combate ao aquecimento global. “Os fundos que os países desenvolvidos fornecem aos em desenvolvimento para lidar com as mudanças climáticas deveriam representar aproximadamente 1% do PIB dos países desenvolvidos”, disse Gao Guangsheng, que dirige o escritório de mudanças climáticas na Comissão de Reforma e Desenvolvimento Nacional, principal órgão de planejamento econômico chinês. É a primeira vez que a China sugere metas específicas para os países desenvolvidos sobre esse tema.

Ainda segundo Gao, deveria ser estabelecido um mecanismo internacional para facilitar a transferência de tecnologia limpa entre os países. A China é responsável por grande parte dos gases causadores do efeito estufa no mundo, inclusive para alguns especialistas já ultrapassou os Estados Unidos como o número 1 do planeta nesse quesito. O funcionário chinês afirmou que o país tem de ajudar a combater a mudança climática, mas os ricos devem fornecer o dinheiro e a tecnologia para isso.