Chuvas torrenciais e enchentes provocaram a morte de pelo menos 12 pessoas no nordeste da Romênia, informaram autoridades locais nesta terça-feira. Pelo menos duas pessoas estão desaparecidas. A maior parte das mortes ocorreu no condado de Botosani, onde sete pessoas morreram ontem à noite, disse Dorina Lupu, porta-voz do Ministério de Situações Emergenciais da Romênia. Centenas de moradores foram temporariamente retirados da região. Mais cinco pessoas morreram nos condados vizinhos de Suceava e Iasi.

As fortes chuvas danificaram pontes e rodovias, arrasaram plantações e destruíram centenas de casas. A conexão ferroviária entre a Romênia e a vizinha Ucrânia está interrompida e dezenas de povoados estão sem energia elétrica. O primeiro-ministro romeno, Emil Boc, prometeu ajuda às regiões afetadas pelas chuvas durante uma visita para averiguar os danos. Moradores de povoados no vale do Rio Siret, na região norte da Romênia, também tiveram de abandonar suas casas, disseram autoridades locais.