Um ciclone que atingiu a costa oeste de Mianmar no final da semana passada matou pelo menos 27 pessoas, destruiu centenas de casas e deixou milhares de desabrigados, informou hoje televisão estatal. O Giri chegou ao país vindo da Baía de Bengala, na última sexta-feira, com ventos de até 177 quilômetros por hora, causando destruição em várias partes do Estado de Rakhine, entre elas Myebon, Pauktaw, Myanaung, Ponnagyu e Kyaukphyu. Nessas zonas costeiras vivem muitas famílias de baixa renda, geralmente em casas de bambu.

A Cruz Vermelha de Mianmar e o Ministério do Bem-Estar Social estabeleceram três campos de refugiados em Kyaukphyu para mais de 5 mil desabrigados, disse Andrew Kirkwood, representante local do grupo humanitário Save the Children. O relatório de hoje foi o primeiro anúncio do governo sobre vítimas e danos ocasionados pelo ciclone de categoria 4.

O governo militar controla bastante as informações e também atrasou os relatórios sobre as consequências do devastador ciclone Nargis, que atingiu Mianmar em maio de 2008, matando 130 mil e destruindo 800 mil edificações, na sua maioria no sul de Mianmar.