Dois dos maiores concorrentes no mundo dos refrigerantes decidiram modificar a fórmula, nos Estados Unidos, dos seus produtos para evitar alertas sobre o risco da possibilidade de câncer em suas embalagens.

Coca-Cola e Pepsi optaram por fazer a mudança do corante caramelo presente nos refrigerantes após a Califórnia, nos Estados Unidos, incorporar um produto químico presente no corante na lista de substâncias que podem causar câncer.

Mesmo com a mudança, a associação das indústrias de bebidas dos Estados Unidos afirmou que os consumidores não vão notar a diferença. No Brasil, ainda não existe previsão para a troca da substância.