O governo de Cuba já registrou a negociação de mais de três mil carros desde que permitiu, no começo de outubro, a compra e venda de veículos na ilha, modalidade que esteve proibida por 50 anos no país.

Dados oficiais apontam que, somente desde o último dia 25 de novembro, os escritórios de Registro de Veículos emitiram 14.630 certificados de inscrição ligados ao Decreto 292, que permite a comercialização de carros.

A medida ainda possibilita aos cubanos, além de comprar ou vender, serem proprietários de mais de um veículo ou doar seus carros. Desta forma, mais de 990 doações foram registradas, sendo que 341 delas foram realizadas na capital de Cuba, Havana.

Desde que assumiu o governo, em 2008, o presidente Rául Castro vem tomando uma série de medidas econômicas que pretendem aumentar o peso da iniciativa privada na ilha. Essas reformas têm como objetivo “atualizar” o socialismo cubano.