O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou nesta segunda-feira por unanimidade o acordo nuclear entre o Irã e as seis potências mundiais (EUA, Rússia, China, Grã-Bretanha, França e Alemanha), que autoriza também uma série de medidas que conduzem ao fim das sanções impostas pela ONU que prejudicaram a economia de Teerã.

No entanto, a resolução fornece também um mecanismo que possibilita voltar as sanções da ONU caso o Irã não cumpra suas obrigações.

O acordo foi feito pelos cinco membros do conselho com poder de veto, que, juntamente com a Alemanha negociou o acordo nuclear com o Irã.

No acordo, o programa nuclear iraniano vai ser controlado por uma década em troca de centenas de bilhões de dólares em alívio das sanções internacionais. Muitas sanções importantes sobre a economia iraniana, como as relacionadas aos setores de energia e financeiro, podem ser retiradas até o final do ano.

O documento especifica que sete resoluções relacionadas com as sanções da ONU serão encerradas quando o Irã concluir uma série de medidas importantes para reduzir o seu programa nuclear e a Agência Internacional de Energia Atômica concluir que “todo o material nuclear no Irã permanece em atividades pacíficas”. Fonte: Associated Press.