A Coreia do Norte acusou nesta quarta-feira o México de deter à força um de seus navios que encalhou no Golfo do México, no ano passado. Pyongyang acusou ainda o país de agir segundo orientações dadas pelos Estados Unidos.

De acordo com um painel de especialistas das Nações Unidas, entretanto, o navio está sob sanções da ONU e deve ser mantido sob custódia mexicana. Os especialistas também disseram que a cooperação com autoridades mexicanas tem sido excelente.

“No caso da embarcação Mu Du Bong, a evidência é esclarecedora”, disse Hugh Griffiths, do painel de especialistas. O navio foi detido como parte das sanções contra o programa nuclear e de mísseis da Coreia do Norte.

A controladora do navio, a Ocean Maritime Management, recebeu sanções em julho passado após autoridades panamenhas encontrarem dois jatos de combate cubanos, mísseis e munição em um navio da empresa que deveria transportar açúcar.

De acordo com a ONU, a companhia reagiu à apreensão simplesmente renomeando seus navios para evitar a detecção. Fonte: Associated Press.