Os líderes da Coréia do Sul e da Rússia concordaram em cooperar com projetos econômicos na Coréia do Norte, trabalhando junto com Pyongyang. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (7) pelo escritório do presidente sul-coreano, Lee Myung-bak.

Os três países construirão uma ferrovia e cooperarão em projetos na parte leste da Sibéria, informou o escritório do sul-coreano em um comunicado, sem entrar em detalhes. Myung-bak telefonou para o presidente russo, Vladimir Putin, para discutir o tema.

Foi o primeiro telefonema dos dois desde a posse do sul-coreano, em fins de fevereiro. As Coréias do Sul e do Norte têm reconectado suas ferrovias em anos recentes. A medida é parte do esforço de reconciliação dos dois países.

A Coréia do Sul espera que a ferrovia intercoreana chegue à Transiberiana. Dessa forma, o país teria uma passagem de seus produtos por terra até a península da Europa, o que diminuiria custos de exportação.

Segundo o comunicado, Putin também disse que trabalhará para avançar no acordo para o fim do programa nuclear de Pyongyang. A Rússia faz parte das conversações para o fim do programa norte-coreano.