Diplomatas das duas Coreias se encontraram hoje para negociações em torno do complexo industrial de Kaesong, na fronteira. A Coreia do Norte pediu um aumento de mais de quatro vezes nos salários pagos aos seus trabalhadores em fábricas de propriedade da Coreia do Sul.

Pyongyang também pediu um aumento de mais de 30 vezes no preço do aluguel da área, situada em seu lado da fronteira. Já a Coreia do Sul exige a libertação de compatriotas detidos no parque industrial.

Fruto da tentativa de reconciliação entre os dois países, o parque industrial de Kaesong é um complexo onde 106 companhias sul-coreanas operam com cerca de 40 mil trabalhadores norte-coreanos. Ali são feitos de sapatos a eletroeletrônicos, numa atividade que representa para a Coreia do Norte uma parte importante de seu produto interno.