Um tribunal de apelações dos Estados Unidos ampliou hoje, por tempo indeterminado, a vigência de uma proibição à presença de homossexuais assumidos no Exército norte-americano. A Corte de Apelações do 9º Circuito, em São Francisco, congelou a ordem de uma juíza que derrubou a aplicação da lei “não pergunte, não diga”.

Pela decisão, norte-americanos que revelarem sua homossexualidade não poderão se alistar e os homossexuais assumidos que estiverem nas Forças Armadas poderão ser dispensados. O congelamento coloca pressão sobre a Casa Branca para tentar convencer o Senado dos EUA a derrubar a lei, de 1993, antes da posse da nova legislatura, que será eleita amanhã. As informações são da Associated Press.